Ni Hao, passageiros da Locomotiva!

Chegamos ao nosso último destino na China, pelo menos nessa viagem :))) Saímos de Xi’An e pegamos um voo até Guilin, ao sul do gigantesco território chinês. Foram 2 horas a bordo du um avião bem novo da China Southern Airlines. Na verdade apenas descemos em Guilin e já pegamos o transfer para YANGSHUO, que fica a 1h15min de carro a partir do aeroporto. Uma outra opção é fazer um cruzeiro para o trajeto Guilin-Yangshuo, em um grande barco. Saiba mais aqui. 2015-12-09 08.29.012015-12-09 12.02.58

Já passava das 22h quando chegamos e, por isso mesmo, preferimos pagar pelo transfer oferecido pelo nosso hotel. Meio carinho, mas foi a melhor opção por conta do horário: 300 yuans/ R$ 169,00 (carro privado – 1 trecho). Deu tudo certo e foi só pegar a estrada rumo a Yangshuo.

Ah, não pense que Guilin e Yangshuo são locais secretos, pouco conhecidos não. São cidades super turísticas. É muita gente visitando as paisagens incríveis formadas por montanhas de calcário e rios. É a visão daquele interior chinês que são referências utilizadas em filmes como “Kung Fu Panda”, por exemplo. As imagens criadas por essas montanhas, pelas plantações de arroz e pelos rios Yulong e Li são especiais mesmo. São, inclusive, a imagem da nota chinesa de 20 yuans.2016-02-02 10.55.48

Foto by: http://www.phoenixandphoenix.net/outdoors/down-by-li-river/

Créditos: http://www.phoenixandphoenix.net/outdoors/down-by-li-river/

ONDE FICAMOS EM YANGSHUO

A cidade em si é super pequena e o centrinho possui diversas lojinhas e restaurantes. Mas a nossa opção foi ficar mais afastado, em um hotel às margens do rio. Precisávamos de um “detox” depois de termos enfrentado a poluição de Pequim e Xi’An :)))2015-12-08 15.04.36

Ficamos no excelente Moondance Boutique Resort, que tinha um staff incrível, muito atencioso e com uma ótima estrutura. Foi muito bom ter passado 4 noites no Moondance, cujo dono é um holandês casado com uma chinesa e que já vive na cidade há mais de 10 anos. O mais interessante foi poder conversar com os funcionários e explicar sobre o Brasil, país que nunca sequer tinham ouvido falar.:)))2016-02-02 10.52.47

O café da manhã é incluso na diária e é servido individualmente depois de escolher entre as opções do cardápio. O restaurante serve bons pratos e quase não saímos da pousada à noite. Fizemos tudo por lá mesmo, até porque fazia frio e dava uma preguiiiiiiça…2016-02-02 10.50.36

Para ir até a cidade ou fazer passeios pela região, basta falar com o staff que eles organizam tudo. Do hotel para o centro da cidade (West Street) o preço do táxi é de 40 yuans/R$ 23,00. O caminho mais curto é atravessando o rio, mas que dependendo da época pode ser complicado (rio cheio).2015-12-06 10.16.12

O QUE FIZEMOS LÁ

2015-12-06 10.23.16Como a nossa intenção era descansar um pouco, aproveitamos o tempo para curtir o próprio hotel e as redondezas dando uma boa pedalada. As bicicletas são gratuitas para os hóspedes do hotel. Então pegamos as bikes, meio detonadinhas por sinal, e curtimos as paisagens de Yangshuo. É a melhor coisa a se fazer por lá.2015-12-08 16.16.032015-12-08 14.59.00A outra é fazer um “Bamboo Rafting“, que é um passeio super tradicional para descer o rio em uma espécie de jangadinha de bambu. Esse ficamos apenas na vontade, porque houve uma cheia no rio Yulong e não poderíamos fazer. No dia em que o nível das águas baixou fazia um frio forte e preferimos apenas pedalar para esquentar. Uma pena! Mas deu para fotografarmos do mesmo jeito. Recomendo esse passeio, caso vá a Yangshuo. Em época de sol e calor deve ser sensacional e refrescante.2015-12-08 14.51.58-12015-12-08 16.01.152015-12-08 16.01.09

O legal é que em Yangshuo há ciclovias nas estradas. Então dá para andar tranquilamente e muita gente faz isso mesmo. Como é um roteiro de viagem de milhares de chineses, há sempre um local que aluga bicicletas ou motos para quem desejar, caso o hotel já não ofereça isso.2015-12-08 15.34.562015-12-08 15.38.232015-12-06 11.01.03

Foi em uma pedalada dessas que passamos por algumas vilas bem legais e também por pontos turísticos como a Caverna das Borboletas. Nem entramos porque vimos que não tinha nada demais. Só “papa-turista” mesmo hehehe2015-12-08 15.19.49

Fora isso passeamos pela West Street e paramos nas lojas de chá para degustações. Há ótimas opções pela rua e alguns bons restaurantes também. 2016-03-09 13.47.542016-03-09 13.48.03

Essa foi a nossa curta passagem por Yangshuo e deu para relaxarmos bem. Mas há muitos passeios turísticos pela cidade, todos vendidos por agências no centrinho ou diretamente no hotel. Vai da sua vontade, disposição e bolso para pagar.

Como o nosso caso era um bom descanso, decidimos apenas pedalar e nos perder pelas ruelas das plantações de arroz. E já foi bem legal. Tem ainda um grande espetáculo chamado Impressions of Sanjie Liu, que acontece todos os dias às margens do Rio Li, desde que as condições climáticas sejam favoráveis.

Créditos: https://daybydaybyphoto.wordpress.com/tag/guangxi-province/

Créditos: https://daybydaybyphoto.wordpress.com/tag/guangxi-province/

Esse a gente tava torcendo pra dar certo. Mas mais uma vez demos azar e em todos os dias em que estivemos em Yanghsuo não houve apresentações. Acredito que seja bem bacana, pois é um verdadeiro espetáculo de cores, luzes e performances. Fica pra próxima. Clique aqui e veja um vídeo.

Um abraço especial aos funcionários do Moondance Boutique Resort: Victor, Lola, Sunny e ao Roland (proprietário).

Próxima parada: CHIANG MAI, na Tailândia.

Até já!