Taca lenha nessa Locomotiva, gente!

Saímos de Coimbra e fizemos uma paradinha estratégica a pedidos da aniversariante Luísa:)))))) Paramos para conhecer o Santuário de Fátima. Foi um momento de parar um pouco para fazer orações e agradecer por tudo o que temos vivido.

O que fizemos:

  • Fátima é um dos maiores centros de peregrinação do mundo e recebe anualmente cerca de 6 milhões de pessoas. Só para se ter ideia, a área do Santuário tem o dobro do tamanho da Praça São Pedro, no Vaticano. Foi uma pena a Basílica principal estar em reforma, mas participamos de uma Missa na Capelinha das Aparições, principal ponto da visita, onde Nossa Senhora apareceu para os pastorinhos Jacinta Marto, Francisco Marto e Lúcia de Jesus. Conhecemos também a grandiosa Basílica da Santíssima Trindade, com capacidade para receber 8.000 fiéis de uma só vez.

20150620_075512000_iOS

Onde ficamos:

  • Hotel Avenida de Fátima Um hotel bem simples, mas com café da manhã incluído. O que pra gente é sempre vantagem, né? A diária foi R$ 110,00 para o quarto standard com café da manhã para 2 pessoas.

Saímos da cidade de carro e partimos para Nazaré, que fica a 45 minutos de Fátima. Foi só mesmo para conhecer de perto onde aqueles surfistas malucos pegam as ondas gigantes. Dá medo só de olhar o mar sem ondas. Imagina na época das mega ondas? Coragem demais. 20150620_075704000_iOSFora isso compramos umas castanhas na Barraquinha da Luísa, demos uma voltinha na praia e almoçamos no tradicional restaurante “A Tasquinha”. Muito bom, por sinal. Depois do almoço, um sorvetinho pra finalizar e fomos para Óbidos.

Óbidos é uma vila do distrito de Leiria, uma cidadezinha medieval toda muralhada e muito bonitinha. Fazia parte do dote de muitas rainhas de Portugal e tem como destaque o seu Castelo, construído no século XIII.

O que fizemos em Óbidos:

  • Caminhamos pelos 2 Km da muralha da cidade. Foi uma caminhada boa e em várias partes com as pernas tremendo, já que não tem nenhuma proteção em um dos lados e cair ali é bem fácil. A Luísa ia rindo na frente e eu me segurando nas passarelas que eu mal cabia.

20150620_080012000_iOS

  • Depois de conhecermos a cidade INTEIRA por cima resolvemos descer e passear pelas ruelas. Muitas lojinhas, restaurantes, docerias, que em uma caminhada rápida é possível ver tudo. E também vale experimentar a Ginjinha de Óbidos, licor tradicional do local, à base de Gija (Cereja Ácida) e servida em um copinho de chocolate.
  • À noite fomos comemorar o aniversário da Luísa em um jantar excelente no Castelo de Óbidos, que hoje abriga um hotel e um restaurante. Tratamento de Rei e Rainha que recebemos do Maitre Dinis, que reservou a mesa 16 pra gente. É uma mesa única, em um dos cômodos separados do Castelo e com uma vista simplesmente incrível. Ótimo jantar para celebrar um aniversário, não?

20150620_080317000_iOS20150620_080442000_iOS

Onde ficamos:

20150620_080750000_iOSO quarto que pegamos numa promoção do Booking era bem simples mesmo. Mas o lado bom deste hotel é que, para quem vai de carro, tem estacionamento grátis na porta. Fica localizado praticamente na entrada na cidade muralhada e tem um ótimo café da manhã, já incluso na diária. Preço da diária que pagamos: R$ 169,00. Dica: acredito que há quartos melhores no próprio hotel. O nosso quarto não era muito bom, mas para 1 noite apenas foi tranquilo.

E de Óbidos pegamos a estrada para Lisboa (30 minutinhos). Estamos aqui agora. Em breve tem post novo então.

Beijos e abraços!