Ah, Madri! Cidade grande e com tanta coisa para fazer que quase não deu tempo… E olha que passamos uma semana lá. Saímos de Granada num baita ônibus maneiro da Alsa e nem percebemos as 3h30 de viagem. Parecia avião, com internet, serviço de bordo e tudo mais :))))

Alsa Premium de Granada para Madri

Alsa Premium de Granada para Madri

O melhor de tudo foi que dessa vez ficamos hospedados em casa de família. Mais precisamente, da nossa família. Melhor ainda, né? Encontramos nossos primos em Cascais e de quebra ganhamos uma mega ajuda para ficar 7 noites em Madri na casa deles. Brigadão mais uma vez, Pat, Rodrigo, Maitê e Lucas. E um agradecimento especial ao Rafa, que tão bem nos recebeu em Madri e ainda foi nosso guia turístico. Rolou até um jartarzinho estilo “Masterchef” no dia da nossa chegada e um almoção de domingo com costelas e farofinha de ovos. Valeu, Rafa! 2015-07-27 12.05.52Tirando o calor punk que estava na cidade, andar por Madri é delicioso. Primeiro porque o sistema de transporte urbano, com ônibus, metrô e trens (Cercanías), funciona maravilhosamente bem e você chega em todo canto da cidade. E olha que ficamos mais afastados do centro! Mas desde a chegada na estação de ônibus Madri Sur, só usamos transporte urbano e foi só sucesso ;)

Segundo é que há museus, parques e monumentos gratuitos para visitar. E a palavra “grátis” tem tudo a ver com quem está viajando pelo mundo por muito tempo como a gente. ;)

Olha só o que conhecemos em Madri:

Museu do Prado: grandão, com muitas obras-primas para ver. Demos a sorte que até 14 de setembro, o Prado exibe 10 obras de Picasso, vindas do Kuntsmuseum (Museu de Belas Artes) da Basiléia, na Suíça. E o detalhe, tudo de graça. Eu explico. O Museu do Prado custa 14 euros para a entrada geral. Mas de segunda a sábado (de 18h às 20h), domingos e feriados (de 17h às 19h), a entrada é GRÁTIS. Isso mesmo, um mega museu para visitar de graça. Mas é claro que se você quer tranquilidade, com menos pessoas para poder ver com calma as peças ou se precisa de mais tempo para a visita, é melhor pagar os 14 euros. E lembrando que mesmo de graça é preciso retirar o tíquete na bilheteria. E, claro, tem uma grande fila normalmente para os horários gratuitos. Faz parte. No nosso caso, nem pegamos fila e entramos direto, às 18h15. Deu pra ver tudo em 1 hora e 45 minutos. Um tiquinho corrido, lógico. Mas foi bacana pelo custo-benefício. Para saber todos os valores das entradas e os horários de funcionamento, é só clicar aqui.

Museu Reina Sofia: achamos o melhor de Madri, até porque exibe muita arte contemporânea. E também porque é nele que está exposto o gigante painel “Guernica”, de Pablo Picasso. É de arrepiar, mas não pode tirar foto, hein! Também tem horários GRÁTIS aêêêêêêê! Segunda, quarta, quinta, sexta e sábado (de 19h às 21h) e domingo (de 13h30 às 19h), a entrada é GRATUITA. Imperdível! Terça é fechado. Mas só pode entrar no dia da visita. Não dá para pegar os bilhetes para ir depois, entendeu? É só entrar na filinha organizada e aguardar a abertura dos portões da bilheteria. Não demoramos nem 5 minutos para entrar. Ô organização boa, rapaz! Hehehe Mas se você quiser visitar com mais calma, clique aqui e veja os horários de funcionamento e os preços certinho.

Dentro do Reina Sofia, Palácio Real e Catedral de Madri.

Dentro do Reina Sofia, Palácio Real e Catedral de Madri.

Museu Thyssen-Bornemisza: esse museu foi criado após o governo espanhol ter adquirido, em 1993, a coleção de arte da família Thyssen-Bornemisza. É um museu que expões quadros de estilos bem variados. Não é tão grande como o Prado e o Reina Sofia, mas vale a pena a visita. Só que esse não oferece entrada gratuita. Então, o jeito foi pagar mesmo os 10 euros para ver a Coleção Permanente. Também é possível combinar os bilhetes para ver exposições temporárias ou até mesmo para fazer uma visita temática. Vai do seu gosto. Clique aqui e saiba mais sobre este museu.

Tour do Estádio Santiago Bernabéu (Real Madrid): para quem gosta de futebol, é um tour bem legal, porque foi muito tranquilo, apesar de estarmos no verão aqui na Europa, com tudo cheio. Preço: 19 euros e compramos na bilheteria do próprio estádio. Para acessar o site do Real Madrid e saber mais sobre o tour, clique aqui. 2015-07-27 12.27.56

Tourada na Plaza de Toros Las Ventas: esse dia fui sozinho mesmo conhecer a famosa tourada, e na plaza de toros mais tradicional do País. Foi interessante ver toda a paixão que envolve uma tourada para os espanhóis. Parecia estádio de futebol. Sem julgamentos e apenas pensando nisso, respeitando a tradição e a cultura do que representa a tourada, achei bem legal. Tem gente que não gosta e se sente mal. Temos que respeitar também. Cada um tem a sua opinião. Como eu visitei antes a Plaza de Toros de Sevilla e li bastante sobre as touradas, achei tudo bem tranquilo e não fiquei incomodado. Vai de cada um e essa é apenas a minha opinião, ok? Se você também quiser conhecer um pouco mais sobre a Las Ventas, clique aqui

E para comprar entradas pela internet mesmo, sem filas, clique aqui. Lá na hora, dependendo do dia, há filas enormes. Pela internet você escolhe onde quer ficar, se na sombra ou no sol, e seleciona o seu assento. No sol é mais barato. E o valor depende também da proximidade da arena. Para retirar o seu ingresso, basta se dirigir às máquinas automáticas ao lado da bilheteria e inserir o código que recebeu por e-mail. Bem fácil! O bilhete sai imediatamente. Ah, na hora eles alugam uma almofadinha para sentar. Todos os assentos são no cimentão mesmo, sem apoio nenhum. E é bem apertadinho. Ainda bem que tinha bastante espaço em minha volta e fiquei tranquilaço. Mas vi muita gente espremidinha. E ainda tem os vários fumantes que acendem as porcarias dos seus cigarros ali na arquibancada mesmo e não estão nem aí. Aliás, na Espanha fuma-se muito e em todo lugar. Acho isso uma verdadeira m… 2015-07-27 12.09.54

Restaurante Botín: é o restaurante mais antigo do mundo ainda em operação. Existe desde 1795 e está até no Livro dos Recordes Guinness para confirmar. Imagina só! Quem deu a dica foi o nosso amigo Alexandre Ferro (Cabeça). E é claro que comemos a especialidade da casa, o Cochinillo Asado. Mais conhecido como Leitãozinho à Pururuca :)))))) Não achamos o prato aquela maravilha toda, mas a experiência de conhecer o lugar, entrar na adega centenária e receber um excelente atendimento foi super bacana. É sempre bom fazer reserva porque enche todo dia. Para reservar esse restaurate ou vários outros na Espanha, indico esse site aqui: www.restalo.es

Botín, torrada com molho de tomate e ovos em Toledo e frango ao molho de laranja com cuscuz do nosso primo Rafa.

Botín, torrada com molho de tomate e ovos em Toledo e frango ao molho de laranja com cuscuz do nosso primo Rafa.

Fora isso, andamos bastante pela cidade e conhecemos a Plaza Mayor, o Palácio Real de Madri, a Catedral de Santa Maria a Real de Almudena, o Parque do Retiro (com direito a barquinho hehehe), a Gran Via, a Plaza de España, a Puerta de Alcalá, a Puerta del Sol, o Mercado de São Miguel e o Templo Egípcio de Debod (um presente do Egito para a Espanha). 2015-07-27 12.12.26

 

2015-07-27 12.19.18

Como andar de metrô, ônibus e trem em Madri

Existem alguns tipos de bilhete e o melhor a usar depende dos dias que vai ficar na cidade. De toda forma, é possível comprar nas bilheterias ou nas maquininhas das estações. Acontece que várias estações por onde passamos estavam com as bilheterias fechadas. Aí só na máquina mesmo. Há máquinas que só aceitam moedas, outras que aceitam notas e as que aceitam cartão de crédito. Não usamos essa última opção. E algumas vezes ter moedas no bolso foi a nossa salvação. :))))))))

Para 1 viagem de metrô

Bilhete Sencillo

Serve para metrô (Zona A): de 1,50 a 2,00€

Você compra indicando em que estação está e para onde quer ir. E dependendo do número de estações, pode ser mais barato ou mais caro.
– até 5 estações: 1,50€
– de 6 a 9 estações: 0,10€ adicionais por cada estação
– 10 estações ou mais: 2,00€

1 viagem de ônibus
Bilhete Sencillo Autobús: 1,50€

10 viagens de metrô ou ônibus
Metrobús
(Zona A): 12,20€ pelo bilhete que você usa 10 vezes, seja para metrô ou para ônibus, independente do número de estações. Desde que tudo seja dentro da Zona A. Pode ficar tranquilo que praticamente tudo na cidade está dentro da Zona A.

Abono turístico (metrô, ônibus e trem Cercanías)
Esse bilhete é de acordo com o número de dias. E também só vale para a Zona A.

1 dia: 8,40€
2 dias: 14,20€
3 dias: 18,40€
5 dias: 26,80€
7 dias: 35,40€

O trem Cercanías é excelente e nós usamos direto, porque estávamos mais afastados do centro da cidade. E pegamos ele também para ir até a estação Madri Atocha, o principal ponto de partida dos trens para outras cidades. Foi nela que pegamos o trem para ir embora para Valencia e também para fazer um bate-e-volta a Toledo.2015-07-27 12.21.38

Falando nisso, foi bem legal conhecer Toledo. Cidadezinha medieval a apenas 30 minutos de Madri (de trem). Mais uma das dezenas de cidades onde filmaram Game of Thrones. :))))))))) Andamos por toda a cidade, passando por várias igrejas e monumentos. Tudo a pé, na disposição que nem sabemos como. Até a hora que a Luísa pediu arrego hehehe

E depois de 1 semana em Madri, partimos para Valencia e Barcelona. Lá vamos nós nessa Locomotiva que não para. Hasta luego!