Nossa próxima parada depois da Suíça foi a Polônia. A visita a Auschwitz era um dos destaques da viagem. Foi então que pegamos o nosso voo da EasyJet saindo da Basiléia (Basel) na Suíça e depois de 1h50min de voo chegamos ao Aeroporto João Paulo II em Cracóvia, a segunda maior cidade polonesa e considerada como a capital cultural do país.

IDIOMA E MOEDA NA POLÔNIA

A língua é o polonês, mas em Cracóvia todos praticamente falam bem o inglês, até porque é uma cidade com muita garotada: estudantes de ensino médio e universitários. Então isso não foi um problema. A moeda é o ZLOTY (PLN) e o câmbio varia bastante ao trocar no aeroporto e no centro da cidade. A dica é trocar apenas um pouquinho na chegada e trocar o restante em uma das famosas casas de câmbio KANTOR espalhadas pela cidade. É muita diferença!

COTAÇÃO AEROPORTO: 1€ = 3,49 PLN (Zloty)

COTAÇÃO KANTOR CENTRO DA CIDADE: 1€ = 4,30 PLN (Zloty)

CHEGANDO EM CRACÓVIA

O aeroporto João Paulo II está todo em obras. Descemos no Terminal 2, que é bem pequeno, meio improvisado para receber os passageiros. Mas acredito que já estejam finalizando as obras do novíssimo terminal de partidas e chegadas.

2015-09-22 13.59.272015-09-22 13.59.38Saímos andando até o Terminal 1 (o principal – em obras), que fica à direita da saída do desembarque do Terminal 2. Fizemos câmbio (bem pouco) em uma das lojinhas KANTOR e fomos até o ponto de ônibus. O aeroporto fica a 17Km do centro da cidade.

Como ir de ônibus do Aeroporto até o Centro da Cidade

A linha 292 é a que faz o trajeto aeroporto-centro. A última parada é exatamente no centro, na Estação de Trem KRAKOW GLOWNY. Duração: 40 minutos, aproximadamente. São várias paradas antes do ponto final e o ônibus estava bem cheio quando o pegamos.

Para comprar o bilhete deste ônibus 292, é preciso ter algumas moedas. Isso porque a compra é feita NA MÁQUINA DO PONTO DE ÔNIBUS DO AEROPORTO OU NA MÁQUINA QUE HÁ DENTRO DO PRÓPRIO ÔNIBUS. Ou seja, pode entrar logo no ônibus 292 e comprar lá dentro. PREÇO DO BILHETE: 4 PLN (Zloty)/0,95.

Já era para ter inaugurado o trem que faz a conexão direta aeroporto-centro de Cracóvia. Mas ainda não estava pronto. Parece que desde o início de Outubro/2015 o sistema já está funcionando. Então é possível ir de trem de/para o aeroporto. Bem melhor! PREÇO DO BILHETE: 8 PLN (Zloty)/1,90. A compra é feita dentro do próprio trem, na MÁQUINA ou diretamente com o COBRADOR, que fica em pé no trem e passa cobrando os bilhetes.

CLIQUE AQUI E VEJA TODAS ESSAS INFORMAÇÕES NO SITE OFICIAL DO AEROPORTO DE CRACÓVIA (JOÃO PAULO II).

HOSPEDAGEM EM CRACÓVIA

2015-09-24 07.51.12Optamos por ficar em um apartamento, via Airbnb, e foi excelente o local que ficamos. É o apartamento da super gentil Sylwia, que desconsiderou o nosso atraso e foi pessoalmente entregar as chaves pra gente. O apartamento é muito novo, estiloso e todo bem cuidado. Fica em um condomínio bem bacana recém-inaugurado. O bom também é que ele fica bem pertinho da estação de trem KRAKOW GLOWNY e isso facilitou a nossa chegada e saída da cidade, além de ser dessa estação que sai o trem que vai até Auschwitz e também para a Mina de Sal Wieliczka, outro belíssimo ponto turístico super visitado no país. Baita apartamento mesmo!

Ah, essa estação de trem KRAKOW GLOWNY fica dentro de um grande shopping, o Galleria Krakowska, que tem várias lojas, restaurantes e mercados. Isso ajuda muito durante a estadia. E a Cidade Antiga/Histórica fica a uma caminhadinha tranquila de uns 10 minutos. Tudo isso bem mais barato do que os hotéis na época que fomos (22 a 26 de Setembro/2015). Pagamos R$ 200,00 a diária. E o apartamento tem 2 quartos e lavadora de roupas. Totalmente excelente!

Para conhecer o apartamento da Sylwia em Cracóvia, clique aqui no link do Airbnb.

O QUE FIZEMOS OU VISITAMOS EM CRACÓVIA

A cidade é cheia de excelentes restaurantes e lojas. O centro histórico é destacado pelas ruelas e por vários barzinhos, que à noite lotam de universitários. Cracóvia tem uma cara muito jovem e animada. Um contraponto a tudo o que a cidade viveu nos anos em que o nazismo imperava.2015-09-24 07.52.34A primeira coisa que fizemos foi andar por toda a cidade. Passamos pela Rynek Główny, ou Praça Maior ou Praça do Mercado, no Centro Histórico que é considerado patrimônio da humanidade pela UNESCO desde 1978. Também vimos de perto a Universidade Jaguelônica, umas das mais antigas e prestigiadas da Europa, e onde estudaram grandes personalidades como o astrônomo e matemático Nicolau Copérnico e o Papa João Paulo II.2015-09-23 19.03.36-1Fomos também aos bairros judeus de Kazimierz e Podgórze (gueto judeu durante o período nazista), onde também fica a Fábrica/Museu de Oskar Schindler, além de vários restaurantes kosher, sinagogas e museus que contam os fatos históricos judaicos em Cracóvia. Se quiser entender um pouco mais sobre a história dos judeus na Polônia, veja os filmes “A Lista de Schindler” e “O Menino do Pijama Listrado”. Revimos esses filmes quando estivemos lá e é outra história.

MEMORIAL E MUSEU AUSCHWITZ-BIRKENAU

Os antigos campos de concentração ficam na cidade de Oswieçim (ou em alemão: Auschwitz), a 70Km de Cracóvia.

Há duas maneiras de conhecê-los: fechando uma excursão de ônibus que sai do centro de Cracóvia ou indo por contra própria, DE GRAÇA. Isso mesmo, só paga o bilhete de trem. 2015-09-27 14.08.18É claro que fui por conta própria e muita gente não sabe que isso é possível. Aliás, há muitas empresas em Cracóvia que afirmam ser proibido isso. Conversa fiada! Tudo é para pegar mais turistas nos tours que eles organizam. Eu particularmente não gosto de pegar esses tours em que os horários são todos definidos e você deve seguir um guia a todo momento. Prefiro fazer tudo a meu tempo. Mas esse é meu gosto, né? Quem preferir os tours de ônibus, eles custam em média 140 Zlotys (PLN), cerca de R$ 140,00. Incluem o transporte ida e volta, guia em inglês e entradas nos campos de Auschwitz e Birkenau.

Mas se você prefere ir por conta própria e quer conhecer Auschwitz-Birkenau DE GRAÇA, aqui vão as dicas para visitas DE ABRIL A OUTUBRO:

  • Site oficial: http://auschwitz.org/en. Ou clique aqui para conferir os horários de funcionamento de cada mês do ano e todas as informações sobre a visita.
  • Compre a passagem de trem na bilheteria da estação central KRAKOW GLOWNY. São trens super novos e a viagem dura 1h40min. A dica é comprar apenas o bilhete de ida. Deixe para comprar a volta na própria estação de Oswieçim, porque você não tem ideia ainda de que horas vai voltar. É bom que dá para fazer tudo com calma desse jeito. E há trens praticamente de HORA EM HORA.
  • Para entrar por conta própria (SEM GUIA) e de graça no Museu-Memorial, é preciso chegar lá antes das 10h da manhã. Para isso, o melhor trem a pegar em Cracóvia é o que sai da KRAKOW GLOWNY às 6h40. Lembre-se que a viagem dura 1h40min. Se preferir ir mais tarde, a entrada gratuita também está disponível após 15h.
  • PREÇO DO TREM (IDA): apenas 9 zlotys (PLN), cerca de R$ 9,00.2015-09-27 14.10.51Chegando à estação de Oswieçim, há 3 maneiras de chegar ao Memorial-Museu de Auschwitz: de táxi, de ônibus ou a pé. O trajeto é simples e rápido, cerca de 1,5Km. Eu fui andando mesmo, porque assim ainda conheci um pouco da pacata cidade. É um linha reta saindo da estação, até a hora que chega a placa indicativa do Museu e basta virar à direita. Aqui abaixo tem a ordem do caminho a fazer. É super de boa. Se quiser ir de ônibus, basta pegar em frente a estação de trem o ônibus 24 ou 25 e descer em SPOLEM (primeira parada). 2015-09-24 13.32.04
    2015-09-24 13.32.12

    Assim que sair da estação de trem, vá em frente e pegue essa rua onde tem um grande painel do KFC. É A RUA UL. DWORCOWA.

    2015-09-24 13.28.20

    Caminhe cerca de 1,5Km em linha reta.

    2015-09-24 13.20.16

    2015-09-24 08.44.20

    Quando avistar essa placa é só virar à direita. A entrada do Museu-Memorial fica a 300 metros dela.

    2015-09-24 14.10.45

    Ponto de táxi em frente à estação.

    2015-09-24 14.04.47

    Tabela de linhas e horários dos ônibus que passam no ponto da estação de trem. Pegar o 24 ou 25 e descer na primeira estação.

  • IMPORTANTE: é proibido entrar no Museu-Memorial com mochilas. Só liberam bolsinhas bem pequenas. Mas há um GUARDA-VOLUMES ao lado de fora e é só deixar a mochila lá, por módicos 4 Zlotys (PLN), cerca de R$ 4,00.
  • Mesmo a entrada sendo GRÁTIS antes das 10h e após 15h, é preciso ir até a bilheteria-container e retirar o ingresso. Eu consegui lá na hora mesmo, mas também é possível já deixar o bilhete reservado. Clique aqui no site oficial.2015-09-24 08.56.32
  • O bom de chegar esse horário é que ainda está bem vazio e dá para andar sem tumulto pelos Blocos de Auschwitz. Em todo lugar há placas em inglês indicando os locais a serem visitados e outras placas que contam a história daquele determinado local. Ler sobre o lugar antes de ir também ajuda a não precisar de um guia no local. Se preferir a visita guiada, basta reservar pelo site. Preço: 40 Zlotys (PLN).
  • Depois basta passar pelo detector de metais e entrar. É bom estar psicologicamente preparado porque é uma visita bem emocionante, principalmente em algumas salas onde estão os pertences de todos que morreram ali. A Luísa ficou em casa e eu fui sozinho mesmo. E posso afirmar que em alguns momentos minhas pernas chegavam a tremer. Um impacto difícil de explicar em palavras.2015-09-27 14.10.05
  • Passei 2 horas lá, visitando tudo com calma, sem pressa. E foi bem forte mesmo. Mas achei importante ver a história tão de perto. Faz a gente refletir demais.

Como ir até Birkenau, o campo de extermínio (também conhecido como Auschwitz II): 2015-09-27 14.13.48

  • Birkenau fica a 4Km de Auscwitz I e há um ÔNIBUS GRATUITO (de Abril a Outubro) que faz o trajeto Auschwitz I-Birkenau.
  • A entrada em Birkenau é gratuita e não é necessário apresentar quaisquer tíquetes.
  • A dica é deixar as suas mochilas ou bolsas ainda no Guarda-Volumes de Auschwitz I, já que terá que pegar o ônibus de volta. Isso porque em Birkenau também é PROIBIDO entrar com mochilas ou bolsas grandes. De toda forma, há um guarda-volumes em Birkenau, no prédio onde há o estacionamento de carros e ônibus de turismo. Preço do guarda-volumes: 3 Zlotys (PLN), cerca de R$ 3,00
  • O local é imenso e a visita pode demorar um pouco. Passei quase 2 horas lá.
  • Peguei o ônibus de volta e depois voltei caminhando até a estação de trem. Comprei o bilhete para o próximo trem e voltei para Cracóvia no meio da tarde.2015-09-27 14.14.56
  • Há barraquinhas que vendem sanduíche e outras coisinhas tanto em Auschwitz I quanto em Birkenau. Existe também um restaurante/lanchonete no prédio do estacionamento de Birkenau, a 300 metros da entrada do campo.

LOCOMODICA: fique atento aso horários de funcionamento do Museu-Memorial, chegue cedo para evitar os inúmeros grupos de agências de turismo e evite levar mochilas ou bolsas grandes. Clique aqui para ler um pouco da história. E, antes de ir, clique aqui para acessar o site oficial e ver tudo com calma.

 

COMO VISITAR A MINA DE SAL DE WIELICZKA

Essa famosa mina de sal fica a apenas 12Km de Cracóvia e é muito fácil ir de trem até lá. Mais uma vez indico ir por conta própria, pois as empresas de turismo cobram um valor bem alto (quase o dobro) e o trajeto é muito simples.2015-09-25 13.44.43-1Basta pegar o trem que parte da estação KRAKOW GLOWNY e descer na estação Wieliczka Rynek Kopalnia. Há trens a cada meia hora, praticamente. É um trem de uma empresa privada. A compra do bilhete é feita dentro do próprio trem, na MAQUININHA ou diretamente com as cobradoras que ficam no primeiro vagão.

PREÇO DO BILHETE: somente 3 Zlotys (PLN), ou cerca de R$ 3,00. Baratinho né? E ainda tem mais: o trem é super novinho e tem até WIFI. Excelente! :)))

Em apenas 25 minutos chega-se a estação Wieliczka Rynek Kopalnia, que é a última. Não tem erro. Depois é só andar uns 300 metros até a bilheteria da Mina de Sal. Existem duas entradas para a Mina. Uma, que fica à esquerda de quem chega à estação de trem. E outra, à direita, que é a entrada principal e onde deve-se ir. A da esquerda é para quem deseja fazer a rota ao estilo dos mineiros. 2015-09-25 12.07.44

O melhor a fazer é comprar com antecedência o ingresso da Mina de Sal. Mas dá para comprar lá na hora também. O único detalhe assim é que a entrada tem horários marcados e pode ser que você não encontre ingressos para o horário que deseja. Aí tem que ficar lá esperando. Há o tour em vários idiomas (exceto em português) e só é possível fazer com um guia da própria mina, que vai falando tudo pelo radinho. Não existe a possibilidade de ir sozinho lá dentro não.2015-09-27 14.17.06PREÇO DO INGRESSO DA MINA DE SAL (ROTA TURÍSTICA): 79 ZLOTYS (R$ 79,00). Há descontos para crianças, estudantes, famílias e pessoas com deficiência.

CLIQUE AQUI E COMPRE SEU INGRESSO COM HORA MARCADA PELA INTERNET, NO SITE OFICIAL DA MINA DE SAL DE WIELICZKA.

2015-09-25 14.41.16

Uma das “escadinhas” utilizadas pelos mineiros:)))

O tour dura de 2 a 3 horas dentro da Mina de Sal. São vários degraus para descer e chegar aos 135 metros de profundidade. É como uma cidade dentro da Mina de Sal. E ainda assim esse tour mostra apenas 1% de toda a mina. Impressionante! São vários pontos muito bonitos de parada, incluindo uma enorme catedral. Tem também banheiros, lojinhas, lanchonete, restaurante, brinquedoteca e até um salão onde são realizados casamentos e outros grandes eventos. Tudo a 135 metros do solo :))) Tem até WIFI lá embaixo. Incrível, né?2015-10-11 18.43.13Caminha-se muito nesse tour e são vários degraus pela frente também. Mas somente para descer. Ufa! Ao terminar o tour, os guias liberam todo mundo para aproveitar as áreas ou ir até o Museu de Sal. Quem preferir não ir, basta ficar na fila para pegar o elevador e subir até a saída. O ELEVADOR NÃO É ACONSELHÁVEL PARA QUEM TEM CLAUSTROFOBIA. Isso porque ele é pequeno, bem apertado mesmo. É o elevador utilizado pelos próprio mineiros que trabalhavam ali. Cada um cabe umas 10 pessoas no máximo. Pelo menos o percurso dura menos de 1 minuto e parece uma montanha-russa no escuro:))))

Saindo de lá, foi só voltar até a estação e esperar o próximo trem que chegou rapidinho. Ainda bem, porque começou a chover forte. Comprei o bilhete na maquininha dentro do trem e voltei para Cracóvia. Tranquilão e bem mais em conta do que pegar um tour fechado na cidade.

– MINA DE SAL COM EMPRESA DE TURISMO: 140 ZLOTYS (PLN), CERCA DE R$ 140,00.

– MINA DE SAL POR CONTA PRÓPRIA: 6 ZLOTYS PARA IDA E VOLTA DE TREM + 79 ZLOTYS INGRESSO = 85 ZLOTYS, CERCA DE R$ 85,00.

RESTAURANTES EM CRACÓVIA

Como ficamos hospedados em um apartamento, aproveitamos para cozinhar bastante durante a nossa estadia. Mas ainda assim indicamos 3 restaurantes para ir na cidade:

C.K. Dezerter: restaurante simples e bem tradicional, ao lado da Praça da Cidade Histórica. Os pratos estavam deliciosos e é super em conta.

Cafe Camelot: um belo café-restaurante que serve pratos típicos em uma das ruelas ao lado da Praça da Centro Histórico.2015-09-24 07.53.22

 

VARSÓVIA

Depois de 4 noites em Cracóvia (Krakow), pegamos o trem e fomos para Varsóvia (Warsaw). A viagem durou 3h25min e foi super boa a bordo do trem de alta velocidade Express Intercity Premium. Servem até água e sucos gratuitamente nesse trem e é bem confortável. PREÇO PROMOCIONAL: 29 Zlotys (PLN), cerca de R$ 29,00. Sensacional o precinho. Saímos da estação Krakow Glowny e descemos na Warsawa Centralna.

Para saber sobre horários e preços dos trens Intercity na Polônia, clique aqui para acessar o site oficial.2015-10-11 18.46.30 Foi apenas uma noite na capital da Polônia, mas conseguimos sentir a cidade com uma baita caminhada. Passamos a noite no simples APARTAMENTY ZGODA BY DESILVA. O hotel é simples mas ficamos em um ótimo quarto, que tinha toda aquela pinta e apartamento. Acabou que foi muito bom e fica bem próximo de vários restaurantes bacanas do bairro. Para chegar até ele descemos na estação Central de Varsóvia e caminhamos 1 Km, aproximadamente.2015-10-11 18.47.27Deixamos as coisas no quarto e já fomos andar até o centro histórico de Varsóvia (Stare Miasto). No caminho até lá passamos por algumas coisas bem interessantes. Uma delas são os bancos-pianos espalhados pelas ruas. Eles têm uma caixa de som acoplada e, após apertar um botão, tocam músicas do pianista polonês Frédéric Chopin. Além disso contam um pouco mais da história desse gradioso músico. Muito bacana!2015-09-26 16.35.11

Olha só a gente na Stare Miasto (cidade antiga).

Olha só a gente na Stare Miasto (cidade antiga).

Quase não conseguimos comer direito, mas acabamos provando 2 restaurantes que indicamos demais. Um deles é uma confeitaria que tem um cholocolate-quente indescritível. É a E. Wedel, que tem várias lojas pela cidade. Ficamos devendo as fotos porque tava tão bom que nem lembramos disso kkkkkkk.

O outro restaurante é um bem “cuti-cuti” :)))), na frente do nosso hotel. Uma lanchonete toda bem decoradinha, com cara de scrapbook. A Luísa adorou! E os nossos pedidos estavam deliciosos, diga-se de passagem. É o Bulke Bibulke, ótimo para lanches e cafés da manhã.

Centro histórico e restaurante Bulke Bibulke.

Centro histórico e restaurante Bulke Bibulke.

Na manhã seguinte, pegamos nossas malinhas e fomos embora da Polônia. Pegamos um trem direto da estação Warsawa Centralna para o aeroporto (Lotnisko Chopina). Preço: 12 Zlotys (PLN) = R$ 12,00. Sai um trem a cada 30 minutos e o trajeto tem duração de apenas 20 minutos. Basta comprar o bilhete na bilheteria da estação. Ah, esse trem sai SEMPRE da plataforma 4 da estação Warsawa Centralna. ;)))2015-10-11 18.52.40 O aeroporto é a última estação. De lá pegamos nosso voo da ótima AEROFLOT para a Rússia e descemos em São Petersburgo. 2015-10-11 18.54.10

Depois de lá ainda pegamos um trem para Moscou. Mas isso é assunto para o próximo post, né?

Beijos e abraços!