E continuando na Croácia, saímos de Dubrovnik de ônibus com destino a Split, a segunda maior cidade croata (a maior é a capital Zagreb). Mas para os nossos padrões achamos uma cidade pequena mesmo hehehe. De Split, pegamos um outro ônibus para Zadar. Dá uma olhadinha aqui abaixo sobre essas duas cidades.

SPLIT (de 8 a 10 de agosto)

Chegamos à tumultuada estação de ônibus e fomos a pé até o nosso apartamento alugado. Aliás, quem pretente ir a Split, pode se hospedar no apartamento que ficamos. 2015-08-26 12.29.17Alugamos via AirBnb o quarto do Marin Dumanic, bem pertinho de tudo. O apê é novinho, com tudo limpo e de bom gosto. Muitas famílias na Croácia fazem assim: usam suas casas para construir quartos extras com entrada privativa para alugar em alta temporada.

Nhoque campeão. Cozinhar é o melhor programa em apartamentos alugados :)))

Nhoque campeão. Cozinhar é o melhor programa em apartamentos alugados :)))

Esse que ficamos tem um padrão “Hotel 4 estrelas“, só que mais em conta. Cama excelente, banheiro e chuveiro bacanas, minicozinha, e ar-condicionado (importantíssimo no verão croata), internet e TV. Alto nível mesmo. Só faltou uma lavadora de roupas para fechar em 100%. Se quiser saber mais sobre esse apartamento, clique aqui no link do AirBnb. Recomendadíssimo. 2015-08-26 12.22.56Passamos apenas 2 noites em Split, mas deu para conhecer a cidade toda. Isso porque a gente gosta de andar bastante. A média durante a viagem tem sido de 10 Km por dia. :)))) Mas também é legal alugar uma bicicleta e dar a volta pela área que passa por todas as praias mais afastadas, como se estivesse dando uma volta na ilha, sabe? O ruim é que as praias são todas de pedra. E tem cada pedregrulho só esperando por uma “topada” de um turista desavisado… hehehe. É aconselhável estar de chinelo ou algum calçado que possa molhar para dar aquele mergulho. Vale a pena!Split1O destaque de Split é o Palácio de Diocleciano, imperador romano que governou do ano 284 ao 305. 2015-08-26 12.24.43Durante o seu governo ele decidiu construir esse palácio para ser a sua residência. Ainda hoje é uma das edificações mais preservadas da Antiguidade. É lá também que está o mausoléu de Diocleciano e a Catedral de São Dômnio.2015-08-26 12.27.24Outro destaque é que Split é ponto de partida para Hvar, uma badalada ilha que fica a 1 hora de Split (via Ferry Boat). A empresa que faz este trajeto é JADROLINIJA. É possível comprar as passagens pela internet aqui no link ou nos quiosques ao lado do porto e estação de ônibus. Se for embarcar de carro, é bom comprar com antecedência e chegar cedo por conta das filas.

Acabou que não fomos em Hvar, porque não havia hospedagem disponível e precisávamos economizar. Como era época de grandes baladas lá, tava saindo caro pra gente e também queríamos descansar um pouco. Fica pra próxima!

ZADAR (11 a 12 de agosto)

Como não queríamos ir direto para Zagreb, fomos conhecer a cidade de Zadar. Foi apenas 1 noite e conhecemos toda a cidade hehehe. Sebo nas canelas! A intenção mesmo era fazer apenas um stop e aproveitar para conhecer as principais atrações de lá: o Órgão do Mar e o Painel de LED “Saudação ao Sol”, obras do arquiteto Nikola Basic.Zadar

2015-08-10 17.02.522015-08-10 17.39.30Só para ter uma ideia, esse Órgão emite sons com o movimento das ondas do mar. É incrível e bem diferente.

Já o Painel capta a luz do sol e transforma em energia para acender milhares de lâmpadas de LED. Ele cria um ambiente ainda mais bonito e futurista às margens do Adriático. Ah, e ainda dá para dar aquele “jump” no mar e depois subir pelas escadinhas. Pulamos de roupa e tudo mesmo! kkkkkDCIM100GOPROGOPR1276.

http://i47.tinypic.com/3x3cj.jpg

Fonte dessa foto: http://blog.wenxuecity.com. http://i47.tinypic.com/3x3cj.jpg

2015-08-26 12.36.05DCIM101GOPROG0591617.Clique aqui para ver um vídeo sobre o Órgão do Mar (ou Órgão Marítimo ou Órgão Marinho, como preferir).

Zadar foi uma grata surpresa, porque a cidade é toda arrumadinha, cheia de sorveterias e restaurantes para todo gosto. Não indicamos nenhum específico aqui porque só fomos em lugares baratinhos lá pra economizar. E nenhum era tão especial assim que merecesse estar aqui :)))2015-08-26 12.39.07

http://www.croatiaweek.com/wp-content/uploads/2012/12/Fritule3.jpgO que provamos lá em Zadar numa feirinha foi uma espécie de “irmão do nosso bolinho de chuva” chamado FRITULE. Uma delícia!

Ah, e como quase não havia mais disponibilidade de hospedagem, aproveitamos o precinho camarada de um dos apartamentos em oferta pelo Booking. Ficamos em um dos quartos da família da senhora Vedrana. Pessoal super simpático e que nos recebeu muito bem. Os adultos não falavam inglês e toda a comunicação era com a filha do casal :))) Ah, o pagamento é feito na hora, em dinheiro. Hospedagem super simples, meio distante do centro da cidade, mas bem ao lado da estação de ônibus. Como ficamos apenas 1 noite, isso valeu a pena pra gente, que não gastou nada com deslocamento, fora a sola do tênis :))) Se quiser saber mais sobre esse apartamento, clique aqui.2015-08-26 12.33.16De Zadar partimos para a nossa última cidade na Croácia: ZAGREB. No próximo post falaremos sobre como foi legal ter passado por lá. É que Zagreb normalmente é considerada o “patinho-feio” do país, já que todo mundo só quer conhecer as regiões ao sul e suas praias. Mas Zagreb tem muita coisa legal e de lá ainda fizemos um bate-e-volta aos Lagos de Plitvice, um lugar especial e imperdível para quem viaja pela Croácia.

Hvala, doviđenja! (Obrigado e até a próxima, em croata)